Kriyá - Atividade de Purificação das mucosas

A 5ª parte da prática ortodoxa, do ády ashtánga sádhana, é o anga kriyá, a atividade de purificação das mucosas.


“Kriyá significa atividade. Os kriyás são as técnicas de purificação típicas do Yôga Antigo.

Consistem em uma verdadeira arte de limpar o corpo, por fora e por dentro.





Lôta para jala nêti, limpeza das narinas Para perplexidade do arrogante ocidental moderno, os kriyás foram elaborados numa época em que a maioria dos povos hoje tidos como cultos nem tomava banho, nem escovava os dentes. Nessa época, os yôgis já estavam mais preocupados com o fator higiene do que nós hoje em dia, mais que todos os povos de qualquer época. Eles sabiam, por exemplo, que não adianta só lavar o lado de fora, a face visível do corpo, se deixarmos imunda a parte que não é vista. Tinham consciência de que isso não é lá muito honesto, pois parece-se muito com jogar a sujeira para baixo do tapete. Só que o tapete, nesse caso, é o nosso corpo!” Os principais kriyás são seis, denominados shat karma, e explicados em baixo:


Kapálabhati - Limpeza do cérebro e dos pulmões. Também pode ser catalogado como pránáyáma.


Trátaka - Limpeza dos globos oculares e treinamento para melhorar a visão. Tem atuação muito rápida para astigmatismo e hipermetropia.


Nauli - Limpeza dos intestinos e dos órgãos abdominais por massageamento.


Nêti - Limpeza das narinas e do seio maxilar com água (jala nêti) ou com uma sonda especial (sútra nêti).


Dhauti - Limpeza do esôfago e do estômago com água (jala dhauti) ou com uma gaze (vasô dhauti).


Basti (vasti) - Limpeza do reto e do cólon com água. Foi o ancestral do clister.

(Texto extraído do livro Tratado de Yôga, do DeRose)

Clique aqui para saber mais.

Featured Posts